X
Menu
X

O que você precisa saber sobre o Botox na Odontologia

Médico aplicando Botox

O botox é o uso da toxina botulínica para fins estéticos, pois consegue driblar a flacidez e rugas, evitando as contrações dos músculos, amenizando os sinais da idade. No entanto, o seu uso não se limita somente ao uso estético, essas substâncias dentre inúmeros outros usos pode ser usada para resolver ou atenuar problemas bucais. Apesar de ter uma conservação complicada, a sua manipulação e uso são muito fáceis e seguros. Cada vez mais os dentistas estão buscando na toxina a solução para os problemas do seu pacientes.

Como funciona

Quando é bem aplicado por um bom profissional e uma clínica segura, o botox vai trazer um resultado natural para a pele. A toxina botulínica é uma substância capaz de interferir na contração da musculatura, relaxando os músculos suavizando as linhas de expressão. Por esse motivo também é utilizado na odontologia pra amenizar a dor. Atualmente esta toxina é uma grande aliada dos cirurgiões dentistas em variados tratamentos. A toxina botulínica é um complexo proteico purificado, de origem biológica, obtido a partir da bactéria Clostridium botulinum que possui um sorotipo reconhecido cientificamente por proporcionar maior duração de efeito terapêutico. odontológicos especialmente contra dores crônicas e como solução para tratamentos e cirurgias de correção de sorriso gengival.

 

Cuidados após a aplicação

Após a aplicação de botox, o paciente deve repousar por cerca de 5 horas, para permitir a adequada distribuição do produto na pele.

O paciente deve evitar massagens e limpezas de pele por 24 horas e evitar o uso de cosméticos e produtos para a pele por 24 horas. Quanto a exercícios físicos, o paciente não deve realizar no dia da aplicação de botox. É também aconselhável esperar cerca de dois dias para voltar as atividades físicas normalmente, pois os movimentos bruscos podem provocar a migração da toxina para músculos onde o relaxamento não é desejado. Viagens aéreas imediatamente após a aplicação também pode provocar a migração da toxina para áreas não desejadas, pois há alteração de pressão-ambiente nos voos.

Dores de cabeça ou dores locais também podem ocorrer após a aplicação. É o resultado da tensão ocorrida durante a realização do procedimento, mas são sintomas passageiros.

Algumas curiosidades

  • O botox na odontologia pode ser utilizado no tratamento do bruximo, ou seja, quando pacientes sofrem por apertar ou ranger os dentes durante o dia ou a noite. A toxina é injetada nos dois lados no músculo masséter, principal músculo da mastigação, para diminuir a sua potência e o estímulo,
  • O botox também pode ser utilizado na odontologia para o sorriso gengival. Quando pacientes mostram demasiadamente a gengiva (chamado de sorriso gengival), possuem a opção de paralisar o músculo responsável pelo levantamento do lábio superior, expondo menos a gengiva. Não há a sensação de anestesia.
  • Na odontologia pode ajudar também diminuindo a potência mastigatória, em caso de implantes.
  • Pode ajudar também com dores orofaciais musculares.
  • Fora da odontologia, o botox pode  ajudar no tratamento de dores crônicas em geral.
  • Já foi utilizado para tratar estrabismo,  doença na qual os olhos não ficam paralelos;
  • É utilizado também para combater a hiper-hidrose (que causa suor excessivo), bem como no  tratamento de enxaquecas.

Resultados do botox

Os resultados após o procedimento do uso da toxina botulínica aparecem após uma semana. O mais importante é não exagerar na quantidade de procedimentos.

O resultado pode durar de quatro a seis meses e vai depender da pele de cada pessoa. Dependendo do caso e do uso, pode-se reaplicar a cada semestre. Sempre procure um profissional qualificado, para evitar efeitos indesejados.    

Share