X
Menu
X

Recessão gengival

É o deslocamento da gengiva em sentido contrário à coroa dentária gerando a exposição de parte da superfície da raiz. A recessão gengival pode ter varias causas: falhas ou reabsorções na anatomia do osso que sustenta a gengiva e os dentes; inserções dos freios e bridas muito próximos aos dentes, puxando a gengiva, causando a retração; força em excesso na escovação que pode traumatizar os tecidos (a técnica inadequada e freqüência exagerada também podem culminar numa recessão gengival); doença periodontal pelos agentes irritantes da gengiva e destruição dos tecidos moles e ósseos; posição dentária muito para fora do arco com tábua óssea muito fina; cáries muito próximas da gengiva que acabam acumulando bactérias e irritando a gengiva (que para se defender acaba retraindo); prótese dentária mal adaptada que acumula  placa e dificulta higienização; grampos de prótese removíveis  mal adaptados que traumatizam a gengiva; movimentação ortodôntica inadequada onde não há osso suficiente;trauma oclusal, e por fim, o uso de tabaco que  predispõe à maior perda óssea e conseqüentemente  a recessão gengival.

Quais os sintomas da Recessão Genvival

A recessão gengival pode causar sensibilidade nos dentes e ter um efeito antiestético pois dá impressão de dentes maiores, além de expor o dente a doenças e a perda progressiva de suporte.

Para paralisar o processo é muito importante identificar o fator etiológico e eliminá-lo. Removendo-se a causa podemos manter a gengiva que ainda resta, pois ela não irá se regenerar. Entretanto, existem hoje técnicas de enxerto que visam ganho de inserção clínica e de tecido gengival, diminuição da sensibilidade e melhora na estética.

Para evitar a recessão gengival escove regularmente seus dentes. Procure aprender a técnica correta e não ponha muita força na escovação. Uma dica é segurar a escova mais na ponta. Use sempre escova macia. Guarde as escovas duras para limpeza de próteses, se necessário. Corrija o alinhamento dos seus dentes com um profissional confiável.

Procure um dentista para avaliação de restaurações e próteses e faça limpeza profissional de acordo com a recomendação do seu dentista.

 

Share
Faça sua pergunta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *