X
Menu
X

Saiba mais sobre a implantodontia

A implantodontia é a especialidade odontológica responsável por recuperar os espaços de dentes perdidos, por meio da implantação cirúrgica de um parafuso de titânio no interior do tecido ósseo, onde houve a perda do elemento dental. O processo cirúrgico é simples, rápido e praticamente indolor.

Posteriormente, em uma segunda fase do processo, é fixada uma prótese de um dente ou de vários deles, buscando recuperar as funções físicas e obtenção de uma aparência natural.

Implantes Dentários com cirurgia 3D

O seu implante dentário já pode ser realizado com pouco sangramento, sem corte e, consequentemente, sem a necessidade de pontos. O método utiliza o que há de mais moderno em tecnologia de imagens tomográficas associada a softwares avançados em 3D, que permitem a reprodução exata e fiel do osso.

Esse recurso permite visualizar a exata posição e profundidade do implante dentário antes da cirurgia, assim como as distâncias do nervo. A partir disso pode-se produzir um guia cirúrgico em resina acrílica de alta precisão, que orienta o eixo de introdução do implante sem necessidade de abertura da mucosa da boca, diminuindo o tempo da cirurgia, o custo operacional e aumentando principalmente o conforto pós-operatório. A cirurgia é mais rápida, bem menos traumática e a recuperação do paciente se dá com mínimo de desconforto, podendo o mesmo retomar suas funções normais imediatamente.

Implantes dentários com carga imediata

Já é possível realizar o seu implante dentário com a colocação da coroa imediatamente. No método tradicional, deve-se aguardar de 3 a 6 meses para que o implante sofra um processo de integração ao osso, e só depois é que se pode colocar a coroa (parte visível do dente) presa a ele.  Já na técnica de carga imediata a coroa é colocada praticamente logo após o ato cirúrgico, o que garante agilidade para o processo e um maior conforto estético para o paciente. Entretanto deve-se ter cuidado com indicação correta para esta técnica, pois ela possui restrições, principalmente relacionadas à condição sistêmica do paciente, à localização do implante e à qualidade do osso envolvido.

Protocolos com implantes dentários

Todos os transtornos causados pela utilização de dentaduras já podem ser considerados como coisa do passado na odontologia moderna. Já se pode substituí-las tanto na maxila (osso superior da boca) como na mandíbula (osso inferior).

O método consiste primeiramente na introdução cirúrgica de 4 a 6 implantes dentários que servem como pilares. Posteriormente sobre estes implantes é colocado uma prótese total fixa, composta de uma estrutura metálica que suporta 10 a 12 dentes de resina ou porcelana.

Devido à complexidade do procedimento, é muito importante que o paciente seja atendido por especialistas experientes que irão determinar a melhor conduta para cada caso, levando em consideração todos os cuidados e detalhes que permitirão a realização de um ato cirúrgico correto e seguro, um pós-operatório mais confortável e uma prótese realmente estável, estética e imperceptível aos olhos alheios.

Preencha o formulário agende sua consulta, ou ligue e marque uma avaliação com um de nossos especialistas, sem compromisso, e tire todas as suas dúvidas.

You Might Also Liked

Saiba tudo sobre os implantes dentários!