X
Menu
X

Sensibilidade dentinária, o que é e o que fazer?

A dentina é o tecido mineralizado que forma o corpo do dente. Normalmente está recoberta pelo esmalte na coroa e pelo cemento na porção radicular.  Desta forma não está disponível à estimulação direta. Essa proteção pode ser removida por escovação vigorosa com escova dura associada ou não à técnica inadequada. Uso constante de creme dental muito abrasivo. Retração gengival. Cárie na coroa ou na raiz. Consumo de alimentos muito ácidos ou refluxo gástrico frequente.

 

Desgaste dos dentes por má oclusão, hábito de ranger os dentes, interpor ou morder objetos duros também podem danificar o esmalte ou cemento. O clareamento dental também pode causar sensibilidade. Para evitar o aparecimento de sensibilidade dentinária, devemos manter as barreiras protetoras dos dentes intactas. Escovando bem os dentes, utilizando a técnica adequada e com força controlada. Isso manterá o esmalte livre das cáries e a gengiva saudável.

 

Evitar consumo de bebidas e alimentos muito ácidos constantemente. Procure um médico caso sofra de refluxo e vômitos freqüentes. Procure um ortodontista se a sua oclusão estiver comprometida, a sobrecarga em alguns dentes poderá levar a perda de material dentário excessiva. Alguns cremes dentais poderão auxiliar no alívio do problema. A aplicação de flúor também pode ajudar bastante. Restaurações e aplicações de selante também podem ser recomendáveis, consulte seu dentista. Alguns estudos mostraram a efetividade da terapia a laser no selamento dentinário, com conseqüente obliteração dos canalículos dentinários e redução da sensibilidade.

A Siga Odontologia visa o bem estar de todos os que procuram seus serviços, flexibilizando horários, disponibilizando profissionais especialistas em todas as áreas da odontologia e com três unidades de grande porte para melhor atendê-lo.

Share
Faça sua pergunta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *